Pequenas loucuras

Vivo no meu mundo. Dentro da esfera do meu tempo.

As dobras da minha calça esculpem na sombra um rosto perfeito. Em poucos segundos a cadeira do escritório vira o DeLorean DMC-12 do filme Back to the Future e eu vou para muito longe. Manchas na madeira da porta mostram-me espécies infinitas de animais. O fio de cabelo grudado na parede após o banho transfigura-se numa incrível obra de arte.

Quando estou viajando e passo por vários quilômetros de algum campo, vejo-me contemplando histórias do tempo encenadas por todas as árvores – que se transformam em vários personagens, até em gigantes gladiadores – juntas. O batucar dos meus dedos faz com que qualquer superfície vire festa. Falando em festa, danço até cansar a melodia que o mundo ecoa em meus ouvidos, todos os dias e todas as noites. Meus banhos revezam em concertos famosíssimos ou filmes clássicos do cinema. A cada novo livro aberto, descubro-me em um novo Universo. Será que alguém me chamou?

O vento está soprando a cortina, isto relembra-me a delicadeza do mundo. Feminilidade. Ah, preciso pesquisar mais sobre as deusas. Observei que na parede branca à minha frente existem texturas muito parecidas com as minhas veias. Opa, acho que pulei esse texto para o presente.

Sabe, eu adoro estar sozinha porque com a minha própria companhia jamais me sinto só.
Se imaginação tão fértil assim é loucura, eu não quero ser sã!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: