Não estraguem o Natal!

Desde criança o Natal sempre foi a minha data comemorativa favorita do ano.

Analisando o passado, recordo-me que na infância essa data era significado de brincadeiras até a madrugada; vários encontros com o Papai Noel que adorava dar balinhas de iogurte e passear dentro de trens iluminados, cantando canções animadas; grande parte da família reunida, conversando e compartilhando altas gargalhadas; comida gostosa infinita e uma Coca-Cola bem gelada com desenhos fofos em seu rótulo.

Com o tempo eu fui criando minhas próprias pequenas tradições natalinas: assistir o filme O Grinch na véspera e acompanhar o episódio especial de Natal do Mr. Bean que passava na Band antes da ceia, por exemplo. Hoje em dia eu ainda amo assistir essas duas coisas porque elas me transportam para sentimentos muito felizes.

Quando a gente é criança é mais fácil não se envolver com problemas familiares. Claro que crianças também ficam na bad, mas é uma tristeza capaz de passar com qualquer distração minimamente divertida. Conforme vamos crescendo, construímos nossos próprios problemas (aff, pré adolescência) e ficamos mais atentos a realidade à nossa volta.

Avançando mais um pouco na linha do tempo, o natal para mim continuava com a mesma magia, só que agora acompanhada de alguma taça de bebida alcoólica. Mas eu também já tinha idade para saber escolher boas músicas clássicas, sendo assim, as trilhas natalinas se tornaram muito melhores (obrigada Louis Armstrong, Édith Piaf e Frank Sinatra).

Agora, com os olhos totalmente abertos para a vida manipulada que vivenciamos, consigo entender que essa data é importantíssima para gerar o capital. Compras e mais compras desnecessárias e fúteis que fazem muita gente se endividar, aumentando o dinheiro de quem está no topo da nossa “pirâmide hierárquica”. Parece que dar presentes virou algo obrigatório e sem emoção. Todo mundo sai correndo na véspera para comprar qualquer coisa para qualquer pessoa. Os motivos diminuíram. Foi passado um blur no real significado dessa data?

Cada vez vejo mais pessoas revoltadas com as datas comemorativas, em especial o Natal. Pelos motivos que citei e milhares de outros que podem ser listados. E eu entendo. Com muita tristeza, como se tivessem tirando algo de muito precioso dentro do meu coração e das minhas memórias, mas eu entendo. Só que eu não quero me tornar uma adulta amargurada com as datas festivas do calendário. Não vou deixar a magia natalina se apagar dentro de mim. Pode ser que agora as propagandas de natal da Coca-Cola pareçam irônicas, mas todo o sentimento de felicidade que aumenta nessa época continua vivo. Natal não é só consumismo e futilidades.

Natal é significado de presentes! Presentes em forma de alegria, amor e união. Não importa se a família que está se reunindo é cheia de intrigas, ao menos por algum momento nessa data, as pessoas vão rir de verdade e sentir alegria genuína dentro de si. Por mais que a falsidade reine na maior parte do ano, o abraço de feliz natal é sincero.

Não vou generalizar porque sei que tenho mania de enxergar o mundo um pouco mais rosa do que talvez ele seja. Mas é nisso que eu acredito. Tenho esperanças de Natais com os mesmos sentimentos da minha infância. Não estraguem o Natal, vamos celebrar o amor!

Anúncios

4 comentários em “Não estraguem o Natal!

Adicione o seu

  1. Também penso da mesma forma, que resgatemos o verdadeiro sentido do natal que é a união. Aqui fazemos sempre um programa juntos, seja decorar a árvore, assar biscoitos natalinos, escrever cartões de natal para aqueles que amamos! É tão gostoso!! Curta muito os festejos natalinos a seu modo! Que seja muito feliz!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: